Amazonas Economia saúde

Servidores da Saúde no Amazonas terão abono em abril para compensar perdas salariais

Um abono no valor do salário básico será pago aos trabalhadores da saúde pelo Governo do Amazonas. O benefício será em duas parcelas, uma no início de abril em folha completar e a outra no final do mês. O investimento é de R$ 30 milhões, anunciou a Secretaria de Estado de Saúde, na quinta-feira, 18.  

AMAZONAS.ATUAL – “Trouxemos uma proposta do governo em relação à valorização do servidor da saúde, principalmente ao reconhecimento do que foi feito agora na pandemia e nos últimos meses, disse o secretário Marcellus Campêlo.

O pagamento do abono não encerra a negociação sobre reposição das perdas salariais referente às datas-bases de 2016, 2017, 2020 e 2021 reivindicadas pelos sindicatos que não puderam ser contempladas no momento.

Segundo Camêlo, questões legais e de ordens fiscais e orçamentárias impossibilitam a reposição da data-base dos servidores da Saúde. Ele cita a Lei Complementar 173 de maio de 2020, de âmbito federal, que instituiu o Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus e que proibiu estados e municípios de concederam reajustes até 31 de dezembro de 2021, exceto quando derivado de sentença judicial transitada em julgado ou de determinação legal anterior à calamidade pública.

Mesa de negociação reúne governo e trabalhadores (Foto: EES-AM/Divulgação)
Mesa de negociação reúne governo e trabalhadores (Foto: EES-AM/Divulgação)

No âmbito estadual, a Lei Complementar n⁰ 198/2019 determina que os reajustes e aumentos remuneratórios de caráter continuado, a exemplo de datas-bases, dos servidores estaduais ficam condicionados à saída dos gastos com pessoal do limite máximo da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

As tratativas da mesa de negociação em relação ao Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações (PCCR) e todos os assuntos que envolvem o tema foram retomadas em janeiro de 2021, entre a SES-AM, Secretaria de Estado de Administração e Gestão (Sead), Secretaria de Fazenda (Sefaz) e representantes dos servidores.

Representando de 23 mil servidores, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde do Amazonas (Sindsaúde), Cleidinir Socorro, classificou a negociação como um avanço para a categoria.

“Nós temos demandas a serem sanadas e entendemos as questões técnicas que impedem o aumento das datas bases atrasadas e reposições salariais da classe trabalhadora da área da saúde. Quanto ao abono, vamos discutir com a classe durante assembleia geral”, disse.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Direto da Redação

Notícia, conteúdo e credibilidade

Folha de Maués

Notícias da Terra do Guaraná

G1 > Turismo e Viagem

Notícias da Terra do Guaraná

G1 > Mundo

Notícias da Terra do Guaraná

G1 > Brasil

Notícias da Terra do Guaraná

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: