Amazonas saúde

Variante Delta da Covid-19 avança no interior do AM

A Fundação de Vigilância de Saúde do Amazonas divulgou dados do avanço da variante Delta da covid-19 que vem crescendo no interior do Amazonas, são 07 municípios que apresentam o caso; Confira:

MAUÉS AM – Na manhã desta quinta-feira (28), de acordo com o Centro de Informações de Vigilância em Saúde do Amazonas, um alerta foi feito a respeito da Variante da Covid-19 (variante Delta) que vem crescendo no interior do Estado.

A partir dos resultados de Exames de RT PCR processados pelo LACEN-AM, amostras foram submetidas ao sequenciamento pela Fiocruz Amazonia. No total, até a presente data, foram detectados 197 casos de VOC Delta em circulação no Amazonas (89%), em especial na capital Manaus.

Ainda segundo FVS – AM, o Amazonas totaliza sua distribuição da variante VOC Delta nos seguintes municípios de Manaus (176 casos ), Parintins (13 casos ), Maués (03 casos ), Manacapuru (02 casos ), Fonte Boa (01 caso), Itacoatiara (01 caso ) e São Paulo de Olivença (01 caso).

O que é a variante Delta?

Detectada pela primeira vez na Índia, em outubro de 2020, a mutação do vírus SARS-CoV-2 (causador da Covid-19), conhecida como Variante Delta (B.1 617.2, antes também chamada de variante indiana), já foi registrada em mais de 130 países, conforme divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em 30 de julho deste ano. Ela é considerada uma variante de preocupação por ser mais transmissível do que as anteriores (Alfa, Beta e Gama), o que a faz mais contagiosa do que a cepa original.

O melhor cuidado para a prevenção contra a variante Delta

Segundo o Instituto Butantan, com a disseminação da variante delta do SARS-CoV-2, muito mais transmissível que a cepa original do vírus causador da Covid-19, completar o esquema vacinal se torna ainda mais importante. Durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, o infectologista pediátrico e diretor do departamento de pediatria da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, Marco Aurélio Sáfadi, falou sobre a importância de vacinar a população com as duas doses, principalmente contra a variante delta.

Uma cidade que estiver melhor imunizada com duas doses significa proteção contra formas graves da doença. Isso ficou muito claro nos países que tiveram alta incidência da variante delta, mas que estavam com uma porcentagem relevante da sua população totalmente vacinada”, contou o infectologista. “Em uma cidade que tem um percentual menor de indivíduos vacinados, principalmente com duas doses da vacina, a chegada da variante delta represente um risco muito maior”, completou.

Portanto, reforçamos às pessoas que não tomaram nenhuma dose que procure um Centro de Saúde para que sejam imunizadas e assim evitar casos mais graves. Todavia, informamos também à população do interior do Estado que tomem cuidado com Fake News que dizem ser ineficaz a vacinação contra a covid-19, ou mesmo falsos argumentos sem fundamentos que levam ao erro à tomada de decisão sobre “Tomar ou não tomar a vacina contra a covid”.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Direto da Redação

Notícia, conteúdo e credibilidade

Folha de Maués

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

g1 > Turismo e Viagem

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

g1 > Mundo

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

g1

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: