Economia

Investimento do Governo do AM pode gerar mais de 100 mil empregos

O pacote de obras de Wilson da ordem de R$ 1 bilhão garantirá a criação de uma frente de empregos que praticamente se equivalerá a uma nova Zona Franca no Estado

EM.TEMPO – Com os volumosos investimentos recentemente anunciados, o governador Wilson Lima vai possibilitar a geração de 123 mil empregos à população amazonense a partir das obras de infraestrutura que brevemente deverão ser implementadas na capital e no interior do Estado.

O pacote de obras, da ordem de R$ 1 bilhão, garantirá a criação dessa frente de empregos que praticamente se equivalerá a uma nova Zona Franca no Estado durante o tempo de execução das ações oficiais. O surgimento de novos postos de trabalho significará mais dinheiro circulando, comércio aquecido, mas, sobretudo, ajudará na minimização dos angustiantes dramas sociais da população interiorana, imensamente castigada pela pandemia do coronavírus e pela enchente deste ano, a maior de todos os tempos no Amazonas.

As novas obras envolverão mobilidade urbana e rural com a modernização e recuperação de rodovias, ramais e sistemas viários urbanos, além de melhoria nos serviços de saneamento, com a construção de sistemas de abastecimento de água e esgoto; de saúde, com a reforma de unidades de assistência; e de educação, com a construção de unidades de ensino.

Também urge destacar a relevância do programa  Amazonas Mais Seguro, com investimentos da ordem de R$ 280 milhões, determinando a implantação de um sistema inédito de câmeras inteligentes e concurso público para as forças de segurança com 2.525 vagas. 

O diferencial do programa é que ele será permanente, dotado de alto suporte tecnológico, valorizando os recursos humanos e melhorando o aparato de segurança do Estado para um combate mais ostensivo a criminalidade.

Proxalutamida aguarda estudos para ser comercializada e ajudar na luta contra a Covid-19

 Com o apoio do presidente da República, Jair Bolsonaro, o medicamento proxalutamida, criado pela Samel, apresentando sucesso no tratamento contra a Covid-19, será alvo de estudos com o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Os estudos serão desenvolvidos pela empresa Suzhou Kintor Pharmaceuticals, da China, mas o medicamento também será avaliado em laboratórios de países como Alemanha, Argentina, África do Sul, Ucrânia, México e Estados Unidos.

Caso tenha sua eficácia cientificamente comprovada, o medicamento poderá ser colocado no mercado para comercialização. Defendida  por Bolsonaro ao sair do hospital, em São Paulo, no último fim de semana, a proxalutamida será tema de conversa hoje entre o presidente e o ministro da Saúde Marcelo Queiroga.

Otimismo de Wilson 

Em entrevista à Rede Tiradentes, na manhã de ontem, o governador Wilson Lima (PSC) disse que os recentes “pacotes” de investimentos no Estado são a arrancada da sua gestão para dar novo impulso ao desenvolvimento sócio-econômico do Amazonas.

Segundo Wilson, os investimentos estavam programados para o primeiro semestre de 2020, mas tiveram que ser adiados por causa da pandemia do novo coronavírus iniciada em março daquele ano.

Agora, com a arrefecimento da pandemia e a chegada do verão, ele quer dar celeridade nos “pacotes” de mais de R$ 2 bilhões envolvendo sistema viário, segurança, saúde, mobilidade urbana e segurança, dentre outras áreas, na capital e no interior do Estado.

Concurso público 

Na entrevista à RT, o governador destacou o programa Amazonas Mais Seguro, que possibilitará a realização de concurso público, abrindo 2,5 mil vagas,  para a Polícia Militar, Polícia Civil, Detran, Corpo de Bombeiros e Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).

Subvenção de crédito

O presidente da Comissão de Assuntos Municipais e Desenvolvimento da Assembleia Legislativa (Aleam), deputado Cabo Maciel (líder do PL), destacou o decreto do Governo do Estado que regulamenta a subvenção de crédito de 80% sobre o valor financiado concedido aos produtores rurais. 

A finalidade é aumentar a produção de madeira legalizada, incentivando a regularização de empreendimentos florestais e reduzir o desmatamento.

O programa beneficiará principalmente o produtor rural que possui área licenciada, mas precisa de recurso para cortar, beneficiar e transportar a madeira.

120 dias para o PPB

Projeto de lei do deputado Capitão Alberto Neto (Republicanos)  determina o prazo de 120 dias para a fixação do Processo Produtivo Básico (PPB) de empresa interessada em receber os incentivos da Zona Franca de Manaus. 

Atualmente, os PPBs são liberados por portarias interministeriais, após solicitação das empresas interessadas em produzir bens na região. Na maioria das vezes, a resposta demora uma eternidade, frustrando e desestimulando o empreendedor.

A ordem é acelerar

Segundo o governador Wilson Lima, a SES-AM está pronta para fazer avançar cada vez mais a campanha de vacinação em massa da população amazonense contra a Covid-19.

Dados da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) apontam que a parceria do Governo do Estado com a Prefeitura de Manaus já aplicou o total de 2.325.077 doses vacinais em todo o estado até o domingo (18).

Minério ilegal

Agentes da base fluvial Arpão, da SSP-AM, apreenderam, no sábado (17), uma embarcação com máquinas que extraia minério de forma ilegal na Costa do Jussara, nas proximidades da cidade de Coari, no Médio Solimões.

A SSP avaliou em R$ 1,715 milhão o material apreendido. Os criminosos usavam um empurrador, uma balsa, uma draga e 150 metros cúbicos de areia na operação ilegal.

Damassírio Chagas

O deputado estadual Dermilson Chagas (sem partido) distribuiu nota lamentando a morte do seu genitor, Damassírio Mamed das Chagas, ocorrido na madrugada de ontem, em Manaus.

Damassírio tinha 73 anos e faleceu em consequência de complicações de diabetes.

PCCR a servidores

Dermilson Chagas disse à coluna que, tão logo se encerre o recesso parlamentar de julho, insistirá na luta para que o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Roberto Cidade (PV), autorize a elaboração de um novo Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) para os servidores do Poder.

Conforme o deputado, o PCCR é uma questão de justiça aos servidores que se encontram com seus salários bastante defasados e que sofreram agruras com a pandemia. 

DT-e sobre cargas

O Senado vai analisar a Medida Provisória (MP) 1.051/2021 que cria o Documento Eletrônico de Transporte (DT-e). 

De emissão exclusivamente digital, o documento agora é obrigatório para autorizar os serviços de transporte de cargas no país. 

A MP, que perde a validade em 28 de setembro, foi aprovada na quinta-feira (15) pelos deputados e será enviada ao Senado.

Documento único 

A intenção da MP é reunir em um único documento todos os dados, obrigações administrativas, informações sobre licenças, registros, condições contratuais, sanitárias, de segurança, ambientais, comerciais e de pagamento, inclusive valor do frete e dos seguros contratados. 

O DT-e deve conter, por exemplo, informações da carga, da origem e do destino e da forma de pagamento do frete, além de indicar expressamente o valor do frete pago ao contratado e ao subcontratado e do piso mínimo de frete aplicável.

Bens bloqueados

A pedido do Ministério Público do Amazonas, o juiz Leoney Figliuolo Harraquian determinou o bloqueio dos bens do presidente da Confederação Nacional do Comércio (CNC), José Roberto Tadros.

O empresário é suspeito de improbidade administrativa em contrato com o Serviço Social do Comércio (Sesc-AM). 

O bloqueio também atingiu a secretária-geral da CNC, Simone de Souza Guimarães, e a empresa Tropical Comércios de Derivados de Petróleo.

Estrela negra

Com 84 anos de história, a União Nacional de Estudantes (UNE) elegeu, pela primeira vez, uma mulher negra para presidi-la: a amazonense Bruna Brelaz.

Estudante de Direito em São Paulo, Bruna comandará a entidade pelo período de um ano.

Bolsonaro pode vetar

Já em plena atividade no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) admitiu que pode vetar o “fundão eleitoral” de R$ 5,7 bilhões aprovado pelo Congresso Nacional na quinta-feira passada.

“Eu sigo a minha consciência, sigo a economia, e a gente vai buscar dar um bom final pra isso tudo aí. Afinal de contas, eu já antecipo: seis bilhões pra fundo eleitoral? Pelo amor de Deus”, desabafou o presidente em coletiva.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Direto da Redação

Notícia, conteúdo e credibilidade

Folha de Maués

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

g1 > Turismo e Viagem

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

g1 > Mundo

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

g1

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: