Amazonas Segurança Pública

Amazonas registra maior aumento no índice de mortes violentas do país

O Amazonas foi o estado que teve o maior aumento percentual no índice de mortes violentas, com um crescimento de 54% de 2020 para 2021. Considerando os crimes de homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte nesses dois anos, o total passou de 1.019 para 1.570.

Matéria do portal D24AM

É o que mostra o Monitor da Violência, iniciativa do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP (Universidade de São Paulo) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Os dados divulgados pelo Monitor da Violência mostram que em 2020 no Amazonas foram registrados 954 homicídios dolosos. Em 2021, o número foi de 1.487. Os números são os mesmos informados no site da SSP-AM (Secretaria de Estado de Segurança Pública do estado).

De acordo com os dados no site da pasta, dos 954 homicídios ocorridos em 2020 no estado, 657 foram em Manaus e 297 nos demais municípios. No interior, Tabatinga (a 1.106 quilômetros de Manaus), na tríplice fronteira entre Brasil, Colômbia e Peru, foi a que teve mais crimes desse tipo: 46 no total.

Já em 2021, dos 1.487 homicídios, foram contabilizadas 1.072 mortes violentas provocadas pelo crime em Manaus. No interior, 415.

Em relação a este ano, a SSP disponibiliza o total de homicídios de janeiro. Foram 74 na capital e 29 no interior. A secretaria informa que a quantidade de vítimas do crime referente ao mês passado ainda será validada.

homicídios amazonas
Em 2021, foram registrados 1.487 homicídios no Amazonas (Foto: Divulgação/SSP-AM)

Quanto ao latrocínio, roubo seguido de morte, o Monitor da Violência mostra que no Amazonas 46 pessoas foram vítimas do crime em 2020 e 69 no ano seguinte.

No site da SSP, os dados sobre latrocínios de 2020 e 2021 são informados somente de janeiro a outubro. Dos 46 latrocínios de 2020, Manaus contabilizou 33; no interior foram 13 vítimas – as ocorrências foram em Anamã, Boa Vista do Ramos, Codajás, Fonte Boa, Iranduba, Itacoatiara, Lábrea, Manacapuru, Novo Airão, Parintins, Tabatinga e Tefé.

Quanto a 2021, os números do Monitor divergem dos da SSP. A pasta informa que ocorreram 34 latrocínios na capital e 10 em Tabatinga, Parintins, Silves, Santo Antônio do Içá, Iranduba, Coari e Rio Preto da Eva. Foram 34 roubos seguidos de morte no estado ano passado.

O Monitor da Violência considera a lesão corporal seguida de morte. O registro da SSP é de 15 vítimas do crime em Manaus e 4 distribuídas entre Anamã, Coari, Tapauá e Tonantins, em 2020.

Em relação a 2021, a pasta informa os números somente de janeiro a outubro. Foram 11 casos de lesão corporal seguida de morte na capital e 3 ocorridos em Iranduba, Nova Olinda do Norte e Novo Airão.

mortes violentas

O Amazonas destoa na comparação com o total de mortes violentas no país. O Monitor da Violência do G1 informa que o número de assassinatos no Brasil caiu 7% em 2021, em relação ao ano de 2020. A redução foi de 44.118 mortes violentas para 41.069.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Direto da Redação

Notícia, conteúdo e credibilidade

Folha de Maués

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

g1 > Turismo e Viagem

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

g1 > Mundo

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

g1

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: