Amazonas Fiscalização Política

Sefaz-AM apreende carga ilegal de madeira no valor de R$ 500 mil durante fiscalização

Material foi encontrado em caminhão que supostamente transportava cabos de vassoura

Da Agência Amazonas

Durante fiscalização da Secretaria de Fazenda do Estado do Amazonas (Sefaz-AM) no domingo (13/03), no Porto de Humaitá (a 590 quilômetros de Manaus), fiscais do órgão apreenderam uma carga de madeira irregular de 29,4 metros cúbicos (m³), com valor estimado de R$ 500 mil. O material foi encontrado em um caminhão que supostamente transportava cabos de vassoura, interceptado durante a fiscalização.

Na oportunidade, foi solicitado auxílio da Polícia Rodoviária Federal, que lavrou o Boletim de Ocorrência Policial. No âmbito da Sefaz, também foi lavrado Auto de Infração e Notificação Fiscal. O motorista e a carga irregular foram conduzidos à Delegacia de Polícia da cidade de Humaitá.

Além de crime ambiental, a conduta também configura crime contra a ordem tributária previsto na Lei nº 8.137/90.

O combate à sonegação fiscal tem sido intensificado no sul do Estado, com a realização de diversas apreensões de cargas irregulares, principalmente de madeira.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Direto da Redação

Notícia, conteúdo e credibilidade

Folha de Maués

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

g1 > Turismo e Viagem

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

g1 > Mundo

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

g1

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: