Cidade Justiça

MP denuncia vereador de Manacapuru (AM) por desacato e ameaça

O MP-AM (Ministério Público do Amazonas) denunciou o vereador de Manacapuru (a 70 quilômetros de Manaus) Gerson D’Angelo (Republicanos), primo do prefeito do município, Beto D’Angelo (Republicanos), pela prática dos crimes de difamação, ameaça, desacato e infração de medida sanitária preventiva.

De acordo com o MP, os crimes foram cometidos no dia 25 de maio deste ano nas dependências da Escola Municipal Zoraida Ribeiro Alexandre, onde a Câmara Municipal de Manacapuru estava funcionando provisoriamente em razão da enchente.

Gerson D’Angelo foi denunciado pelo Ministério Público (Foto: Divulgação)

Por volta das 7h30min, ao ser informado sobre a obrigatoriedade do uso de máscara dentro da escola, o vereador se negou a cumprir a medida de segurança sanitária, passando a injuriar e desacatar o diretor da escola, Jackson Azevedo de Souza, o vigia Elones Moreira da Silva, e a auxiliar administrativa Mikaela Amorim Lima, de quem Gerson chegou a tomar, por breve espaço de tempo, o aparelho de telefone celular.

O Ministério Público começou a investigar o caso no dia 27 ao tomar ciência das ameaças que o diretor e funcionários que testemunharam os fatos estariam sofrendo.

De acordo com o MP, valendo-se da condição de primo do atual prefeito de Manacapuru, Betanel D’Angelo, o vereador cumpriu a promessa de exonerar da direção da escola o gestor Jackson Azevedo de Souza. A vítima foi reconduzida ao cargo mediante determinação judicial. O vigia e a auxiliar também foram transferidos para outro estabelecimento de ensino.

Na ação, o Ministério Público pediu que, após o recebimento e autuação da denúncia, o vereador seja notificado para apresentar, por escrito, de resposta à acusação, bem como designação de dia e hora para audiência de instrução e julgamento e oitiva dos ofendidos, conforme determinações do CPP (Código de Processo Penal).

Os delitos tipificados em função da conduta do vereador permanecem sob investigação, com vista a representação por eventual quebra de decoro parlamentar, além de possível conduta de improbidade administrativa. Até o oferecimento da denúncia, nenhuma apuração quanto à conduta do denunciado havia sido iniciada na Câmara Municipal.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Direto da Redação

Notícia, conteúdo e credibilidade

Folha de Maués

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

g1 > Turismo e Viagem

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

g1 > Mundo

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

g1

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: