Amazonas Meio Ambiente

Lixo Zero será tema de discussão na Semana do Meio Ambiente da Assembleia do AM

Em comemoração à Semana do Meio Ambiente, que acontece entre os dias 1º a 7 de junho, a Assembleia Legislativa do Amazonas realizará uma série de atividades sobre desenvolvimento sustentável, saneamento básico e reciclagem de lixo, entre outros temas ligados ao meio ambiente.

AMAZONAS.ATUAL – A maior parte das atividades será organizada pela Comissão de Meio Ambiente da ALE-AM, presidida pelo deputado estadual Fausto Jr. Entre as ações está o 1° Fórum Amazonas Lixo Zero, marcado para o dia 1° de junho, na ALE-AM.

O objetivo de evento é orientar a sociedade sobre como funciona o conceito de Lixo Zero. A ideia é praticada na cidade de Florianópolis (SC), onde mais de 90% do lixo doméstico é reaproveitado.

O projeto Lixo Zero consiste em aproveitar ao máximo os detritos orgânicos e recicláveis, ao invés de jogar os materiais em aterros sanitários e lixões.

O deputado Fausto Jr. disse que no Amazonas, apenas Manaus possui aterro sanitário. O local, embora seja planejado para receber o lixo da capital, está perto do limite da capacidade.

No interior do Estado, a maioria dos municípios mantém lixões sem qualquer cuidado com o meio ambiente ou com a saúde pública. Outro problema é que os locais destinados aos lixões ficam próximos a aeroportos ou aos leitos dos rios. “É um problema sério que precisa de solução urgente”, afirmou Fausto.

O 1° Forum Amazonas de Lixo Zero será realizado de forma híbrida, com participantes presenciais e por meio de videoconferência. O evento reunirá representantes de prefeituras, órgãos ambientais, ministério público e dos governos estadual e federal.

“Será uma Semana do Meio Ambiente cheia de atividades, porém o destaque será divulgação do conceito Lixo Zero, que pretendemos implantar gradativamente no Amazonas”, propõe o deputado.

Jogando dinheiro no lixo

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, o Brasil tem 5.561 municípios, mas menos da metade (2.751) contam com planos de gestão integrada de resíduos.

Isso significa que 40% das prefeituras ainda descartam o lixo urbano em aterros sanitários e lixões. Somente 25% das cidades dispõem de coleta seletiva, segundo o MMA.

Por causa dessa falta de educação ambiental, o Brasil perde, anualmente, R$ 120 bilhões em produtos que poderiam ser reciclados.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Direto da Redação

Notícia, conteúdo e credibilidade

Folha de Maués

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

g1 > Turismo e Viagem

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

g1 > Mundo

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

g1

Notícias da Terra do Guaraná, Amazonas, Brasil e Mundo

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: