Amazonas

Bolsonaro desmonta sete portos no Amazonas, denuncia deputado

06:15 – 21 de março de 2019

BNC – BRASIL NORTE COMUNICAÇÃO – AMAZONAS.

Os portos de Iranduba, Borba, Nova Olinda do Norte, Santa Isabel do Rio Negro, Canutama, Coari e Itacoatiara estão sendo desmontados pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

A denúncia é do deputado federal Marcelo Ramos, do PR, partido que integra a base do governo e que por cerca de 16 anos comandou o setor no país.

Ramos disse que o governo construiu 44 portos no interior, mas que agora não paga funcionários nem os contratos de manutenção.

“A se manter esse atual ritmo de desmonte, em seis meses, teremos apenas metade dos portos fora de operação. E em um ano, nenhum porto em funcionamento. É um atentado ao direto de ir e vir do trabalhador, do indígena, da população mais humilde do interior, que voltaram a atracar no barranco”, lamentou o deputado, em texto distribuído por sua assessoria de comunicação na noite desta quarta-feira, dia 20.

No material, Ramos dirige as críticas ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, o mesmo que excluiu do plano de prioridades do governo em estradas a BR-319, que interliga Manaus e Porto Velho.

“Sob o comando do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, há um desmonte dos portos do interior do Amazonas, que tem apenas dez municípios com ligação rodoviária com a capital. Por conta dos problemas técnicos, já estão parados os portos de Iranduba, Borba, Nova Olinda do Norte, Santa Isabel do Rio Negro, Canutama, Coari e Itacoatiara”, informou o deputado federal.

Responsáveis

Além da crítica ao ministro, o republicano responsabilizou também pelo desmonte o diretor-geral do Dnit, general Antônio Leite dos Santos Filho, a diretora de infraestrutura aquaviária do Dnit, Karoline Brasileiro Quirino Lemos, e o coordenador-geral de obras aquaviárias do Dnit, Rodrigo Moraes Português de Souza.

Convocação

A ausência de obras no Amazonas no plano de trabalho apresentado pelo ministério no Senado, com ênfase para a não inclusão da conclusão da BR 319, também foi objeto de protestos de Ramos, que aprovou ontem requerimento na Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e Amazônia para a convocação do ministro Tarcísio Freitas, a fim de que dê explicações.

“Fica muito difícil manter o otimismo num governo que não apresenta nenhuma ação no estado do Amazonas, nenhuma obra num estado que tanto precisa de infraestrutura. Vamos responsabilizar os servidores que citei junto ao Ministério Público. Sem o desenvolvimento do Amazonas, não poderá haver desenvolvimento do Brasil”.

Foto: BNC Amazonas

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Direto da Redação

Notícia, conteúdo e credibilidade

Folha de Maués

Notícias da Terra do Guaraná

G1 > Turismo e Viagem

Notícias da Terra do Guaraná

G1 > Mundo

Notícias da Terra do Guaraná

G1 > Brasil

Notícias da Terra do Guaraná

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: